Isolamento acústico em sua casa

03 Dic 2014
Compartilhar:

Nos últimos anos na Europa, o nível de conforto acústico diminuiu claramente, sobretudo nas grandes cidades. Em alguns lugares, como por exemplo, na proximidade de vias com muito trânsito, o nível de ruido aumentou cerca de 6 vezes, e na periferia dos aeroportos, cerca de 30 vezes.
Todos sabemos que o bem-estar dentro da habitação é primordial e que há que tratar de conseguir um equilíbrio óptimo entre o nível de ruído exterior e o conforto acústico interior. Este conforto antes não era possível devido aos materiais empregues no fabrico das janelas, contudo, actualmente conseguir a melhor qualidade de vida na sua habitação não é difícil graças aos perfis KÖMMERLING.

As janelas costumam ser o elemento mais sensível da fachada no que se refere ao isolamento acústico e podem arruinar de todo o isolamento global de uma construção. Por isso, é muito importante a escolha adequada das suas componentes para garantir níveis aceitáveis de atenuação acústica.

O isolamento acústico de uma janela é a capacidade que esta tem de resistir às fontes de ruído procedentes do exterior. O parâmetro que o caracteriza é o "R", parâmetro este de atenuação acústica medido em decibeis (dB), que depende não só do perfil da janela, mas também da espessura e do tipo de envidraçamento e da permeabilidade ao ar da janela.Quanto maior for o valor, maior é a capacidade de isolamento acústico da janela.

Medida de intensidade sonora

O ruído é medido em decibéis (dB). No quadro seguinte mostram-se os níveis de ruído em algumas situações habituais:

isolamento-acustico20 dB Cochicho, tic tac de um relógio

30 dB Ruídos habituais da habitação, falar em voz muito baixa

40 dB Falar em voz baixa, rua tranquila

50 dB Ruído de conversação, escritório

60 dB Conversação em voz alta, aspirador

70 dB Carro a 5 metros de distância

80 dB Tráfego intenso

90 dB Serra circular (começam os danos ao ouvido)

100 dB Avião a 100 metros de distância

+150 dB Accionamento de um foguete (paralisia e morte)

Janelas e portas que não deixam passar o ruído

Há dois aspectos que se devem ter em conta para que o isolamento acústico seja o mais eficaz:

  • Forma de abertura: optar sempre que seja possível por sistemas de abrir ou oscilobatentes, em lugar dos sistemas de corrediça tradicional. A melhoria da redução sonora poderá ir até 10dB.
  • Escolha adequada do vidro: o isolamento acústico depende basicamente da espessura do vidro. Contrariamente ao que se pensa, a câmara de ar de um vidro isolante não tem apenas propriedades acústicas de destaque (a sua função apenas de isolamento térmico). Além disso, os vidros de várias capas (vidros unidos por uma lâ mina de butiral) apresentam um isolamento acústico algo superior aos vidros normais. Ou seja, isola acusticamente melhor um vidro 3+3 que um vidro simples de 6 mm. Existem também certos gases que, incluídos na câmara de um vidro isolante, melhoram algum decibel o isolamento acústico, se bem que só se utilizam em casos extremos.

Os valores de isolamento acústico (Rw), calculados em ensaios com modelos concretos de janelas de abrir realizados com perfis KÖMMERLING e diferentes vidros, oferecem valores que vão desde os 32 dB para uma janela com vidro 4/12/4, até os 45 dB com vidro laminar de 11/16/9 e câmara cheia de gás.

As janelas standard fabricadas com perfis KÖMMERLING são excelentes isolantes acústicos e podem reduzir o ruído que se recebe dentro das casas em aproximadamente 35 dBA, sendo possível chegar aos 45 dBA com sistemas especiais.

É conveniente recordar que o melhor isolamento acústico não é aquele que nos separa do mundo exterior mas sim aquele que melhor se adapta à nossa própria situação. Informe-se sobre as distintas possibilidades que são oferecidas e escolha a que melhor se adapte ao seu caso particular. Solicite a nossa ajuda sem qualquer tipo de compromisso.

Compartilhar:

Conteúdo relacionado

Mais visto